Alimentos Geneticamente Modificados – A Origem do aumento das alergias alimentares?

milho GM

A partir de 1996, bactérias, vírus e outros genes foram introduzidos artificialmente no ADN da soja, milho, algodão e canola. Estes alimentos geneticamente modificados, carregam o risco de desencadear reacções alérgicas no ser humano.

Provas recolhidas mostram que estes alimentos estão a contribuir para o aumento das alergias.Mas apesar disso ainda não foi proibido o cultivo.

Reino Unido evidência alarmante aumento nas alergias alimentares relacionadas á soja.

 

O Reino Unido é um dos poucos países que procedem a uma avaliação anual das alergias alimentares. Em Março de 1999, os pesquisadores do York Laboratory ficaram seriamente alarmados ao descobrir que as reacções alérgicas á soja aumentaram em 50% em relação ao ano anterior.

A soja geneticamente modificada tinha entrado recentemente no Reino Unido a partir de importações dos EUA. Críticos dos alimentos geneticamente modificados dizem muitas vezes que a população dos EUA está a ser usada como cobaia de uma experiência.

2 responses to “Alimentos Geneticamente Modificados – A Origem do aumento das alergias alimentares?

  1. Pingback: Pésticidas tóxicos de comida GM encontrados em bebés em gestação | Vida Biológica

  2. Pingback: Peru implementa dez anos de proibição de Alimentos GM | Vida Biológica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s