Coca-Cola ainda importa folhas de coca usadas para fabricar cocaina para os Estados Unidos

  As folhas de coca são mastigadas e utilizadas como chá á milhares de anos nos Andes. Estas folhas são ricas em muitos nutrientes essenciais,  aliviam desconforto respiratório e digestivo e são um estimulante natural e analgésico.Tradições Indígenas e estudos científicos confirmaram que, na sua forma natural, as folhas são totalmente seguras e não causam dependência — é preciso tratamento intensivo e com muitos químicos tóxicos para produzir a cocaína. É por isso que cada vez mais produtos que contêm coca começaram a chegar ao mercado nos países andinos nos últimos anos.

Mesmo assim, parece que os Estados Unidos ainda perseguem agressivamente uma política de erradicação, que incentiva os governos andinos a pulverizar as suas florestas com produtos químicos tóxicos com o objectivo de eliminar as plantações de coca.É ilegal importar ou possuir folhas de coca sob a lei dos EUA – a menos que sejas a empresa Coca-Cola.

Coca-Cola, a propósito, costumava conter cocaína na fórmula original.Essa prática foi interrompida em 1903, mas o seu nome persistiu.A parte “coca” da “coca-cola” é derivada da planta de coca, e a “kola” vem da noz de kola, que também dava o sabor à bebida original.

A história secreta da Coca-Cola, folhas de coca e cocaína.

Coca-Cola é a única corporação dos EUA que foi concedido o direito de importar legalmente folhas de coca para os Estados Unidos  através de um laboratório de processamento de coca conhecida como  Stepan Company. (Stefan Comp.)

Em 1922, a Lei de Jones-Miller proibiu a importação de folhas de coca para os Estados Unidos, mas para a Coca-Cola foi concedida uma excepção. Essa excepção permaneceu segredo até o final dos anos 1980, quando a New York Times descobriu a verdade.

Noticia : New York Times – feita em 1988 —  (http://www.nytimes.com/1988…)

100 toneladas de folhas de coca por ano – vamos fazer as contas.

Cerca de 100 toneladas de folhas de coca são importadas para a Stepan Company por ano com “permissão especial” da DEA (Administração de Execução das Drogas).Pensem nisso tendo em conta a fraude da actual “Guerra contra as drogas ” e com jovens e adultos americanos a serem condenados a dez anos de prisão por posse de marijuana enquanto uma das maiores corporações da América esta realmente a importar folhas que são utilizadas para o fabrico de cocaína.

Uma vez que as folhas de coca são importadas para os EUA sob estas “permissões especiais” da DEA, a cocaína é extraída das folhas de coca. A Coca-Cola já não usa cocaína na bebida, vocês sabem. Não existe cocaína na coca-cola hoje em dia.

Isto levanta uma questão óbvia: Para onde vai toda a cocaína se não para a Coca-Cola? Acontece que este cocaína é vendida a uma empresa chamada de St. Louis Mallinckrodt Incorporated.

Mallinckrodt recebe não só toda a cocaína proveniente da importação da Coca-Cola, mas também ópio vindo da Índia (http://en.wikipedia.org/wiki/Mallin …). Além disso, esta empresa também compra THC extraído de marijuana cultivada nos Estados Unidos.

Então e a guerra contra as drogas, huh?

Parece que podes comprar toda a cocaína, opio, marijuana à tonelada que quiseres desde que sejas uma corporação poderosa, com ligações à Coca-Cola e outras organizações ricas…

 

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s