Testes revelam urina radioactiva em japoneses.

Médicos do Hospital Watari em Fukushima, no Japão, realizaram recentemente testes em moradores das duas cidades japonesas localizadas a cerca de 40 Km a partir da usina de energia nuclear em Fukushima Daiichi , e descobriram que todos eles tinham partículas radioactivas na sua urina.

Esta descoberta revela o quão chocante esta catástrofe nuclear realmente é, e como as suas consequências devastadoras provavelmente continuarão a persistir indefinidamente.

Nanao Kamada, professor de mérito de biologia de radiação da Universidade de Hiroshima, juntou-se com Osamu Saito do Watari Hospital e vários outros para realizar estes testes.

A equipa realizou duas rondas de testes em 15 pessoas na faixa etária dos 4 aos 77, e encontrou césio radioactivo na urina de todos. E na primeira ronda de testes, estes revelaram iodo radioactivo tão alto quanto 3,2 millisieverts (mSv) em seis dos indivíduos, enquanto o segundo não revelou nenhum em qualquer um deles, provavelmente devido à vida da partícula ser de oito dias.

“Este não será um problema se eles não comerem vegetais ou outros produtos contaminados”, afirmou Kamada, referindo-se a níveis que foram já detectados. “Mas vai ser difícil para as pessoas continuarem a viver nessas áreas.”

História completa: (…search.japantimes.co.jp/cgi-…)

Veja também:

Japão pede aos cidadãos para plantarem girassóis para remover a radiação dos solos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s